< return

Segundo Colóquio do TyA Internacional. Barcelona 2018

Sábado 31 de março de 2018, Centre de Cultura Contemporània de Barcelona -CCCB-, rua Montealegre 5, 08001, Barcelona de 9 hs às 16:30 hs.

Direção do Colóquio: Irene Domínguez e José Manuel Álvarez.

Coordenador da Rede TyA Internacional: Fabián Naparstek.

 

“Ligamentos e desligamentos nas toxicomanias e adições”

Desde o começo da elaboração no TyA partimos da indicação de J. Lacan em relação à droga e o faz pipi. Tal indicação lacaniana nos ajudou, por muito tempo, a pensar a questão das toxicomanias e em especial no marco das neuroses. A chamada tese de ruptura marcou uma época em nossa elaboração. De fato, J.-A. Miller tomou dita tese para nos orientar no que diz respeito ao gozo toxicômano[1]. Poderíamos dizer que foi a primeira versão sobre as toxicomanias a partir da orientação lacaniana elaborada por J.-A. Miller. No entanto, são muitas as referências dadas por J.-A. Miller ao longo de seus cursos e em diferentes falas, colóquios ou conferências. Poderíamos afirmar que sua primeira versão sobre as toxicomanias se encontra emoldurada na elaboração sobre o falo. No entanto, pode-se indicar um segundo momento onde a referência central já não é sobre o falo, mas ao redor do objeto pequeno a. A época do parceiro sintoma[2] nos traz uma nova versão, onde a toxicomania poderia aparecer como un gozo a-sexuado[3]. Aqui se trata da toxicomania como um “anti-amor”[4]. “A toxicomania prescinde do parceiro sexual e se concentra, se dedica, ao parceiro a-sexuado do mais-de-gozar”[5]. Disto se segue, que não se trata do falo, ainda que a noção de uma ruptura com o Outro do amor se encontre subjacente. É a prevalência do a sobre o Ideal. Não obstante, na elaboração de J.-A. Miller podemos encontrar un terceiro momento onde já não fala de toxicomania, mas de adição. Neste caso, não se trata do falo ou do objeto pequeno a, mas do sintoma nos termos do último Lacan. Com efeito, em “O ser e o Um”[6], J.-A. Miller volta à questão a partir da iteração do sintoma e da adição como modelo do sintoma enquanto tal. Poderíamos dizer que se trata de un sintoma que está separado do Outro e vazio de sentido. Por isso, aquí también teríamos una noção da adição como modo de separação em relação ao Otro. Mas, já neste caso muito mais próxima das práticas de consumo no campo das psicoses, embora não somente ali.

Ao lado deste percurso, se pode dizer que na elaboração sobre as psicoses ordinárias e os inclassificáveis se coloca também em questão a noção da tese de ruptura. Dita tese estava emoldurada numa clínica des-continuista e em especial sobre a noção do falo. No entanto, é desde a perspectiva de uma clínica continuista e flexível que é possível pensar ligamentos e desligamentos do Outro no campo das toxicomanias e adições. Este último ponto nos permitiu iniciar um trabalho sobre a função das drogas em cada caso e em especial com as psicoses. Com efeito, encontramos práticas de consumo que funcionam como um ligamento com o Outro ou, pelo contrário, como um desligamento. Se vê assim, que temos um novo desafio em nosso campo, que é a possibilidade de pensar as novas práticas de consumo atuais a partir da orientação lacaniana com os diferentes momentos de nossa elaboração – já que estas elaborações não desaparecem – e a partir de possíveis novos desenvolvimentos aos quais a clínica sempre empurra, já que ela assume a dianteira.

Fabián Naparstek

 

Convocamos cada grupo de trabalho da Rede TyA a apresentar textos grupais.

Seria muito bom que cada grupo de nossa rede se veja representado por um trabalho.

Data limite para a apresentação de trabalhos: 19.02.18.

Pre-inscriçāo: Irene Domínguez (irenecolocha@gmail.com), José Manuel Álvarez (josmail@wanadoo.es), tyabarcelona@gmail.com

Enviar os trabalhos a: Irene Domínguez (irenecolocha@gmail.com), José Manuel Álvarez (josmail@wanadoo.es) e Fabián Naparstek (fabiannaparstek@hotmail.com)

Esperamos vocês!!!

 

[1] – Miller, J.-A.: “Para una investigación sobre el goce autoerótico”, in Pharmakon digital n. 2, 2016, Clássicos: www.pharmakondigital.com

[2] – Miller, J.-A.: “El partenaire – síntoma” Los cursos psicoanalíticos de Jacques – Alain Miller. Paidós. Miller, J.-A.: “El síntoma charlatan”. Ed. Paidós, Barcelona, 1998. Miller, J.-A.: “La théorie du partenaire”, en Quarto N® 77, Bruxelles.

[3] – Op. Cit. Miller, J.-A.: “La théorie du partenaire”, p. 14.

[4]Ibid.

[5]Ibid.

[6] – Miller, J.-A.: “O ser e o Um”, curso de orientação lacaniana, 2011, Inédito.

 

 

Programa

II Coloque International du TyA

Ligamentos e desligamentos nas toxicomanias e adições

 

8’15 – 9 h
Recepción / Réception / Recepção

 

9 – 9’10 h
Rendez-Vous y apertura / ouverture / abertura
Irene Domínguez

 

9’10 – 9’30 h
Homenaje a Judith Miller / Hommage à Judith Miller / Homenagem a Judith Miller
Elisa Alvarenga

 

9’30 – 10’30 h
Enganches y desenganches del Otro / Branchements et débranchements de l’Autre / Ligamentos e desligamentos do Outro

Consumos episódicos. Jorge Castillo (Relator) – Córdoba – Argentina
Une consommation festive. Marie-Françoise De Munck – Bruxelles – Belgique
L’appel impérieux de l’alcool. Nadine Page – Bruxelles – Belgique
O cadafalso e a mulher. Cesar Skaf (Relator) – Brasil
Coordina / Coordonne / Coordena
Darío Galante

 

10’30 – 11’30 h
Usos no tan tóxicos / Des usages pas si toxiques / Usos não tão tóxicos

Drogas y enganches, no todos tóxicos. Elvira Dianno (Relatora) – Santa Fe – Argentina
O uso de substâncias para ligar e desligar. Maria Wilma S. de Faria (Relatora)– Brasil
Addict-o-dialogue. Pierre Sidon – Envers de Paris – France
Coordina / Coordonne / Coordena
Nadine Page

 

11’30 – 12 h – Café

 

12 – 13’30 h
El padre consumido / Le père a consommé / O pai consumido

Lo clásico en lo nuevo. Nicolás Bousoño (Relator) – Buenos Aires – Argentina
Nouvelles addictions. Nelson Feldman (Relator)– Genève – Suisse
Pallier le vide de désir. Jean-Marc Josson – Bruxelles – Belgique
El Notificador. José Manuel Álvarez (Relator) – Barcelona – España
Coordina / Coordonne / Coordena
Antônio Beneti

 

13’30 – 15 h – Comida / Déjeuner / Comida

 

15 – 16 h
Nominaciones tóxicas / Nominations toxiques / Nomeações tóxicas

Producir abstinencia. Ernesto Sinatra (Relator) – Buenos Aires – Argentina
Le Transfert « en pointillés ». Éric Taillandier – Rennes – France
O pêndulo da função da droga sob transferência. Giovanna Quaglia (Relatora) – Brasil
Coordina / Coordonne / Coordena
Elvira Guilañá

 

16 – 16’30 h
Clausura / Clôture/ Clausura
Daniel Roy (Campo Freudiano) y Fabián Naparstek (coordinador Red TyA internacional)

 

Traducción simultánea Español – Francés

Los textos de las presentaciones se podrán ver traducidos al portugués proyectados en pantalla

 

Traduction simultanée Espagnol – Français

Les textes des présentations peuvent être vus traduits en portugais projetés à l’écran

 

Tradução simultânea Espanhol – Francês

Os textos das apresentações podem ser vistos traduzidos para o português projetado na tela

 

*********************

 

Participantes en los trabajos del II Coloquio Internacional TyA

Participants aux travaux du II Colloque International TyA

Participantes nos trabalhos do II Colóquio Internacional TyA

 

 

Consumos Episódicos

TyA – Córdoba

Hilda Vittar, Liliana Aguilar, Natalia Andreini, Matías Meichtri Quintans,

Maria Marta Arce, Pía Marchese, Laura Mercadal, Valeria Vinocour,

Melina Di Francisco, Georgina Vorano, Maria José Borgogno,

Jorge Castillo (Relator)

 

 

Une consommation festive

TyA – Bruxelles

Marie-Françoise De Munck

 

 

L’appel impérieux de l’alcool

TyA – Bruxelles

Nadine Page

 

 

O cadafalso e a mulher

TyA – Brasil

Cassandra Dias, Fernanda Turbat, Jésus Santiago,

Luis Francisco Camargo, Oscar Reymundo,

Cesar Skaf (Relator)

 

 

Drogas y enganches, no todos tóxicos

TyA – Rosario – TyA – Santa Fe

Daniel Perretta, Gustavo Mastroiacovo, Adrián Secondoc,

Sabina Serniotti, Guido Vernet,

Elvira Dianno (Relatora)

 

 

O uso de substâncias para ligar e desligar

TyA – Brasil

Claudia Maria Generoso, Claudia Reis, Cristina Nogueira, Elisa Alvarenga,

Giselle Fleury, Marcelo Quintão Silva, Maria Célia Kato, Selma Pau Brasil,

Maria Wilma S. de Faria (Relatora)

 

 

Addict-o-dialogue

TyA – Envers de Paris

Intervention collective théâtrale

Stéphanie Lavigne, Coralie Haslé, Elisabetta Milan-Fournier,

Pierre Sidon

 

 

Lo clásico en lo nuevo

TyA – Buenos Aires

Barandarian, A., Calderón, G., Casado, G., Coletti, M., Chozas, C., Drikier, G., Fina, M., Fuster, M., Lozano, G.,

Martinez Mayer, P., Pais, M., Rios, C., Romano Y., Spivak, C., Tavernier, L., Torregiani, J.,

Bousoño, N. (Relator)

 

 

Nouvelles addictions

TyA – Genève

Thomas Rathelot, Aikaterini Nteli, Nelson Feldman (Relator)

 

 

Pallier le vide de désir

TyA – Belgique

Jean-Marc Josson

 

 

El Notificador

TyA – Barcelona

Irene Domínguez, Erick González,

Fernando Juárez, Nicanor Mestres,

José Manuel Álvarez (Relator)

 

 

Producir abstinencia

TyA – Buenos Aires

Luis Darío Salamone, Darío Galante,

Ernesto Sinatra (Relator)

 

 

Le Transfert « en pointillés »

TyA – Rennes

David Briard, Géraldine Somaggio, Éric Taillandier (Relator)

 

 

O pêndulo da função da droga sob transferência

TyA – Brasil

Durval Mazzei (SP), Giovanna Quaglia (DF), Pablo Sauce (BA),

Simone Delgado (RJ). Antônio Beneti (MG)

Giovanna Quaglia (Brasília) (Relatora)

 

 

tyabarcelona@gmail.com

Plazas limitadas